Notícias

Presidente do Sindepo participa de manifestação contra a PEC 32

O presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Distrito Federal, Marcelo Portella, participou nesta terça-feira (28/09) de uma manifestação contra a PEC 32. O ato aconteceu em frente ao Anexo II da Câmara dos Deputados e contou com centenas de servidores públicos de diversas categorias, que se reuniram para reivindicar que parlamentares não votem a favor desta, que promete ser a PEC do desmonte do serviço público.

Nos últimos dias, entidades representativas da classe, entre eles representantes da segurança pública, se empenharam para mostrar indignação contra os avanços de uma Reforma nociva não só para suas carreiras, mas para a sociedade de maneira geral.

Associações e Sindicatos presentes no local afirmaram que continuarão com manifestações, que ocorrerão de forma permanente no Aeroporto de Brasília e na entrada do Anexo II da Câmara dos Deputados, e também em outros estados.

De acordo com Portella, a pressão política que vem sendo feita é a chave para que a PEC 32 não prospere. “Pela qualidade do serviço público, essa PEC não irá prosperar! Para isso, estamos aqui, mais uma vez, nos manifestando contra todos esses malefícios que estão sendo inventados para prejudicar o serviço público brasileiro”, enfatizou o presidente do Sindepo.

A Comissão Especial da Reforma Administrativa da Câmara aprovou o texto, relatado pelo deputado Arthur Maia (DEM-BA), na madrugada de sexta-feira (24/09).

“O que nós estamos recebendo de volta dos parlamentares é que essa Proposta não irá vingar nem na Câmara, nem no Senado. Aqui, nós estamos novamente perseguindo esse desejo do servidor público de que esse serviço continue sendo atrativo, para que novas pessoas entrem no serviço público de forma honesta, mediante concurso”, afirmou o Portella.