Notícias

Polícia Civil em tempos de pandemia

Como é do conhecimento de todos, passamos por um momento delicado e totalmente inédito para a grande maioria dos catarinenses. Os efeitos da pandemia Covid-19 têm causado grandes impactos e mudanças nos hábitos dos moradores de nosso Estado, seja nas regiões metropolitanas, ou mesmo em áreas rurais, que também já padecem com casos da doença. O vírus de origem chinesa consiste num grande desafio e a duração das restrições impostas pela pandemia ainda é uma imensurável dúvida.

Com base nas políticas restritivas impostas pelos órgãos públicos, a sociedade tem se obrigado a conviver com uma radical mudança de hábitos, a fim de evitar a propagação do vírus, especialmente para as pessoas que integram os grupos de risco.

Devido ao aumento dos casos de Covid-19 em território catarinense, atividades corriqueiras como ir a um supermercado ou shopping, ou mesmo um almoço com familiares em um restaurante, consistem em ameaça à propagação da doença.

Entretanto, por mais que novos hábitos tenham de ser impostos, há serviços essenciais que não podem ser realizados na modalidade home office, como os serviços estatais das áreas da saúde e da segurança pública.

A Polícia Civil, mesmo com esta nova realidade social e como força integrante do grupo segurança pública, continua a cumprir com afinco as suas incumbências, sob a coordenação dos Delegados de Polícia, os quais labutam lado a lado com Agentes, Escrivães e Psicólogos.

Além de atuar na fiscalização das medidas impostas pelo Poder Executivo para contenção da pandemia, os trabalhos prosseguem no âmbito da investigação, apuração de infrações penais e no combate ao crime, missões primordiais desta valorosa Instituição.

A maior demonstração do comprometimento desses policiais, mesmo nos tempos de pandemia, são os resultados alcançados no primeiro semestre de 2020. Neste período, a Polícia Civil realizou mais de 850 operações, cumpriu 1.542 mandados de busca e apreensão e autuou em flagrante 1.1690 pessoas, além de inúmeras outras diligências.

Ao mesmo tempo em que aguarda ansiosamente pelo retorno à vida normal, a população sabe que pode contar com a Polícia Civil para manter o Estado de Santa Catarina com o status de mais seguro do Brasil.

 

Fonte: ndmais.com.br

Publicado em 05/08/2020

SINDEPO/DF

SCES Trecho 2, Lote 25
Dentro do Clube da ADEPOL
CEP: 70.200-002

ADEPOL/DF

SAIS Lote 02, Bloco “D”
Departamento de Polícia Especializada/DPE
CEP: 70.619-970

Siga-nos

Site7Dias